quinta-feira, 23 de junho de 2022

A sobrecarga.




Oi, oi gente!

Vendo This Is Us, que em breve vou falar aqui, me passou muita coisa na mente, após secar algumas lagrimas que tentei segurar e não consegui. 

Quero falar sobre o quanto as mulheres são sobrecarregadas em tudo na vida. E no que diz cuidado com o próximo principalmente. E nem precisamos entrar aqui no quesito mãe. É bem simples... quando você se machuca fora de casa, para quem você corre a pedir um remédio ou curativo? Uma mulher certo?

Quando algo quebra, rasga, suja ou algo assim, a quem corremos para pedir socorro? Imagino o que tenha pensando. Eu sei, eu sei! É uma coisa que muitas vezes é mais forte que nós, mas que me deixa muito mal, me deixando até com falta de ar se pensarmos mais a fundo. 

O quanto a sociedade quer e pede de nós mulheres. Que sejamos sempre mágicas, únicas. Não podemos ser frágil, porém não podemos demonstrar força. Temos que ser belas e recatas, porém sem maquiagem demais ou quietas demais. 

Quando alguém na família adoece é sempre a mulher que cuida, que zela, que protege. E como somos menosprezadas nas tomadas de decisões. Afinal, em nossas vidas tivemos que nos esconder por diversas vezes, engolir nossas vontades e opiniões para deixar que um Alfa fale em nosso lugar, fale por nós.

Estou cansada de ver mulheres cansadas. Luto a cada dia para ser melhor para as mulheres que conheço e que sou próxima. Sei o quanto é cansativo, porque por vezes, eu estou cansada também. E esta tudo bem a gente se abrir aqui não é?

A gente cansa, surta, chora.. E não nos entendem. Dizem que somos estéricas, sensíveis, ou é culpa dos hormônios. Mas o que esquecem, é que muito disso tudo, está em nossas costas, mesmo que invisível. Mesmo que sem a gente perceber. 

A sobrecarga existe. Deixamos a vontade de outros falarem mais alto que a nossa. Deixamos o último pedaço, o último gole, o último biscoito para ver aqueles que amamos felizes. Mesmo a gente ansiando por aquele momentinho de felicidade. 

Sei que não estou sozinha nessa. Sei que isso pode não fazer sentido para alguns. Sei que vão me julgar também. Paciência. A boca fala daquilo que o coração está cheio. E eu precisava vir aqui. Transbordar sentimentos em palavras. Talvez assim, a sobrecarga fique mais leve.. 

E sim, homens também passam por isso, eu sei! Mas faça um exercício hoje e observe onde a carga pesa mais... vamos tentar equilibrar essas balanças? 

terça-feira, 21 de junho de 2022

Viagens Literárias: Um livro de cada Saga....




Oi, oi gente!!!

Hoje vim trazer o que é dilema para muito leitor: escolher 1 livro de cada Saga... Sim! Pode parecer que minhas escolhas foram fáceis, mas te garanto... não foi!


SAGA: JOGOS VORAZES - 3 livros
FAVORITO: Jogo Vorazes: Eu amo essa história não é de hoje. E esse é um dos meus livros favoritos da vida! Talvez por ser o primeiro, ou o mais intenso para mim, foi nele que me encantei por Katniss. Ainda não li a Cantiga dos Pássaros, mas como ele é um spin off, não entraria nesse quesito.



SAGA: HARRY POTTER - 7 livros
FAVORITO: A Ordem da Fenix: Pra escolher esse foi bem difícil. Meu coração pende entre esse e o Enigma do Principe. Mas escolhi esse por ser o mais envolvente para mim. Uma vez que me deu muita vontade de virar um personagem e fazer parte da Ordem.Você quer viver aquilo, quer agir como eles. É fantástico.



SAGA: DIVERGENTE - 4 livros
FAVORITO: Divergente: Esse também acaba sendo o primeiro, porque foi o que mais me prendeu na leitura. Gosto de saber sobre ínicios, e ver como Tris chegou a Audacia, ainda me enche os olhos. Talvez eu tenha desanimado por ter levado um spoiler do último livro, mas mesmo assim, esse é o que ganha o meu pódio.



SAGA: CREPÚSCULO - 4 livros
FAVORITO: Lua Nova: Podem me criticar, mas eu amo essa série!!! Esse é o meu favorito porque eu me encanto toda vez que vejo a história dos lobos, da tribo, das lendas. Sou super Team Jacob e acho que poderiam fazer uma fanfic com a Bella ficando com ele.

Essa foram as minhas sagas favoritas... Estou pensando em trazer mais pra frente sobre livros de Editoras, como por exemplo da DarkSide, que além de livros com conteúdos incríveis, as edições são maravilhosas. 

Me diz ai, qual sua Saga Favorita e seu livro favorito dela... 


sexta-feira, 17 de junho de 2022

Seriando-se: Moon Knight - O Cavaleiro da Lua (Disney+ // 2022)




Oi, oi gente!

Confesso que me enrolei com as séries da Marvel. What If estou vendo agora, mas a da Ms Marvel, tá em dia, pois vocês sabem o meu amor por essa garota. 


E hoje vim falar de uma das novas séries do Universo do MCU que não estava tão empolgada assim. Não sei se por nunca ouvir falar do personagem, ou só por não estar no Hype mesmo. Mas vamos lá, série concluída é serie resenhada por aqui.


Marc é um antigo soldado, que após algum tempo em batalha, torna-se um mercenário. Num dos combates no Egito, acaba morrendo, mas é ressuscitado pelo Deus da Lua, Khonshu, que faz de Marc seu Avatar na terra.


Marc então acha que vive uma vida pacata, porém luta constantemente com sua dupla personalidade, ora Marc, ora Steve, um historiador gente fina, que só quer levar uma vida tranquila. O que acontece é que essas duas personalidades começam a entrar em conflito e nosso herói começa a entender o que acontece com ele. 




Tendo ajuda da sua parceira Layla, voltam ao Egito, onde tudo começou, e o Deus da Lua então volta  a falar com Marc, sanando algumas de suas dúvidas e pedindo uma decisão ao jovem.




Marc e Steve precisam trabalhar juntos, afinal alguns inimigos começam a surgir pelo caminho. Marc então percebe o quão forte e poderoso ele é. E começa a travar batalhas contra eles e também a desvendar um dos grandes mistérios do Egito.





Para mim o começo da série foi um pouco parado, e eu achei que não me prenderia. Da metade para frente fluiu mais. Não posso negar que a transição que o ator faz de uma personalidade para outra é impecável, e as cenas de luta dele são de tirar o fôlego. Amei a personagem Layla e o final que a série dá pra ela te empolga muito!


Ainda não tem nada certo sobre uma continuação desse novo herói apresentado. Rumores de uma 2ª temporada ou um filme solo existem, mas nada certo ainda! O jeito é aguardar.

Classificação Seriática: ♥♥♥♥

quarta-feira, 15 de junho de 2022

Andei Vendo: Homem Aranha, sem volta pra casa





Oi, oi gente!


Eu perco o hype, mas não deixo de vir aqui falar dos filmes, principalmente os de heróis. Esse filme foi para fechar o ano de 2021, e que deixou os fãs com o coração cheio!


Nesse filme, nosso garoto Peter começa a encarar as consequências de sua identidade ter sido revelada para toda a cidade pelo vilão Mystério. E com grandes poderes, vem grandes... problemas! Sim!



Ele começa a se ver sem saída para situações, e com medo de que essa descoberta prejudique aqueles que ele ama. 


Então ele procura Dr Estranho, para que ele o ajude com um feitiço que reverta os últimos acontecimentos. Porém, algumas coisas com o feitiço dão errado, e personagens dos multiversos começam a aparecer. 


O que Peter não imaginava eram que nesses universos também existiam outros deles, com vilões tão piores quanto! Então, junto com sua equipe, Peter começa a tentar consertar as coisas para que enfim o feitiço possa dar certo.


O filme é um fanservice mas bem feito dos últimos tempos. Tivemos os três Aranhas juntos, coisa que não podiamos sonhar a uns 10,15 anos atrás. E ver a união dos vilões também fez os olhos nerds brilharem. O enredo tem muita ação, drama e uma fotografia incrível. E a trilogia de Tom Holand foi em fechada, com começo, meio e fim, inclusive descontruindo um pouco a imagem de garoto perfeito desde a primeira aparição do garoto com os Vingadores. 


E ver Peter e Stranger juntos foi épico! A dupla que eu torci muito para ver! 

Com um final carregado de emoção, acertos e aceitações, o filme deixa um gostinho de nostalgia e uma vontade imensa de ver todos os filmes, de todos os aranhas de novo. 

Pipocometro:  ♥♥♥♥♥

domingo, 12 de junho de 2022

Alguém com a mesma loucura que a sua!

Oi, oi gente!!

Dia de escancarar declarações de amor por ai. De corações espalhados em cada canto. De muitos 'eu te amo' ditos e respondidos. 

Dia do amor que é cúmplice, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença e em tantos antônimos que existem. Do amor que preenche, que cura, que salva. Do amor que é parceria, que é calmaria, que é porto seguro!

Dia de celebrar a união que faz você querer viver dia após dia com a pessoa. Dia que a gente reforça ainda mais nossos sentimentos, sejam com declarações gigantescas ou mais intimistas!

Celebre TODA A FORMA DE AMOR! Não importa como seja, a quanto tempo, de que forma e que lugar ele tenha começado. AMOR É AMOR! E isso importa!

Seja o amor que preenche, que une, que transborda. Seja o amor da vida de alguém. O amor amigo, amor parceiro, amor de verdade. Mesmo que muitos amores já tenham passado pela sua vida... serviram para que você valorize ainda mais aquele que está contigo no hoje, no agora, no amanhã e quem sabe no sempre!

Amor que tem que ser cuidado a cada dia, pedacinho a pedacinho, grão em grão! Seja você o amor da vida de alguém, mas se assumir essa responsabilidade, seja o melhor amor que você puder ser!

Seja amor, plante amor, AME DE TODAS AS FORMAS!

Feliz dia dos namorados, namoradas, noivos, noivas, esposas, esposos, peguetes, ficantes e contatinhos. Ou qualquer denominação que você tenha!

💓💓💓💓



terça-feira, 7 de junho de 2022

Viagens Literárias: Livros Sobre/Com Música



Oi, oi gente!

E hoje, seguindo o esquema de sempre trazer livros sobre determinados temas, trago a vocês os livros sobre um assunto que gosto muito: Música! Seja ele sobre música, sobre um músico, ou que tenha algo relacionado, como uma trilha sonora nas entrelinhas. Música é tudo de bom, e seu dia, vida, alma é mil vezes melhor com ela!!




* Eleanor e Park: Esse livro é extremamente fofo. E tem muita música envolvida. Park e Eleanor se aproximam no ônibus da escola e ali nasce um amor. E eles, como muitos adolescentes, se refugiam na música. Muitas bandas serão citadas, como suas músicas e trechos. E juro, que durante a leitura eu quis muito ouvir a lista. Algumas bandas citadas: U2, The Smiths, The Cure, Black Sabbath, The Beatles.



* Se eu Ficar: Mia é uma jovem musicista, que estuda dia e noite para entrar na Julliard. Eis que no meio do caminho, ela conhece Adam, um jovem que tem uma banda e que mexe com as estruturas da garota. O que ela não contava era que sofreria um grave acidente, e que durante o coma, conseguiria ver as pessoas preocupada com ela, e nesse tempo pode pensar sobre o que aconteceria caso seu corpo acordasse. 




* Em algum lugar nas estrelas: Ah! Esse livro! A versão da DarkSide possui inclusive um card que mostra as músicas para cada dia. Jack começa a morar num internato e lá conhece o enigmático Early, que tem um jeito peculiar de ver o mundo. Para cada dia da semana um tipo de música, que pode variar de acordo com outros fatores, como por exemplo: Billie Holiday sempre que estiver chovendo. 


* A última música: Ronie vai passar o verão com o pai, que não vê a anos. A relação dos dois é super conturbada, e ele tenta reaproximar os dois através da paixão que os dois nutrem: MUSICA. O pai está escrevendo uma peça para igreja local, e Ronie baixa a guarda quando conhece um menino que mora na cidade.

Esses são alguns dos meus favoritos. Na verdade eu não quis trazer livros que já citei em outros post's temáticos. Mas sinto que logo eles se repetirão, afinal, acontece né? 

Me conta agora, você lê livros nesse tema? Qual o seu favorito?


quinta-feira, 2 de junho de 2022

Seriando-se: Atypical - Netflix (4 Temporadas)




















Oi, oi gente!




Ah! Eu estava muito ansiosa para vir falar dessa série que ganhou meu coração. O Fe me indicou e eu demorei muito para ver. E depois fiquei pensando que deveria ter começado antes. 


Atypical conta a história da vida do jovem Sam, diagnosticado no espectro autista ainda na infância. Ele, sempre foi superprotegido pela família toda, principalmente pela mãe. E decide que é hora de tentar dar os seus primeiros passos sozinhos.


Sam divide sua rotina entre a escola e o trabalho na loja de itens de informática, onde tem o seu melhor amigo, Zahid, que te ensina as malandragens e as partes boas da vida. E na escola Sam conhece Paige, que desperta nele o primeiro amor, e faz com que essa barreira também seja quebrada. 


Nosso protagonista também tem uma paixão desde sempre: Pinguins! Tudo o que envolve essas criaturas interessa a ele e faz com que seja o seu porto seguro para conversas. E é justamente por essa paixão que Sam decide dar um passo ainda maior na sua vida, uma viagem à Antartida!


A série é leve, tem uma pegada de comédia, mas mexe muito com a gente. Toca em pontos familiares que não esperamos e faz com que a gente torça por todos os personagens. Cada um deles carrega uma carga emocional, tem seus problemas, mas tentam enfrentar da melhor forma. 


É muito bonito ver o quanto Sam tenta mudar e melhorar. Mesmo com toda a sua rotina. Ele também quer evoluir como ser humano e sabe que suas barreiras devem ser quebradas. Nem que sejam um pouco a cada vez, como o fato de conseguir ficar acordado após a meia noite. 


No começo, confesso, eu não gostava de Elsa, a mãe dele. Por conta de algumas atitudes dela. Mas até que no final da última temporada, eu meio que me simpatizei, e entendi que aquele pode ser o jeito dela mesmo.




Classificação Seriática: ♥♥♥♥♥


quarta-feira, 1 de junho de 2022

Perguntas sobre o blog...






Oi, oi gente!

Uns meses atrás abri uma caixinha de perguntas sobre o que vocês queriam saber sobre o blog e vou compartilhar algumas aqui, explicando mais certinho e tal:

* Qual a sua maior dificuldade no ínicio e qual a sua maior dificuldade agora? No começo eu ainda estava meio perdida, não sabia o que queria falar, falava de tudo e de nada ao mesmo tempo. Demorei até entender do que eu queria falar e chegar no post's de hoje. E hoje a minha maior dificuldade e vencer a preguiça e o cansaço de postar. Porque não é fácil. De verdade. Venho passando por dias que não tenho vontade de fazer nada quando chego em casa. Então acaba sendo uma luta comigo mesma, pois eu amo escrever pra cá. Um dia de cada vez né?

*Qual a finalidade? Ajudar e mudar, melhorar o dia de 1 pessoa que seja, através dos meus textos e vídeos. Uma pessoa que me manda uma mensagem dizendo que amou meu texto, se identificou, mudou algo no dia a dia, enche meu coração e me faz ter certeza de que estou no caminho certo!

*Você sempre escreveu? Acho que desde de que aprendi. Sempre fui de ter diários, agendas, caderninhos de pensamentos. Sempre gostei de escrever cartas e essas coisas. E chegou uma hora que eu senti que queria mais, que queria mostrar para as pessoas o que escrevo.

*O blog é seu hobbie? Sim! Tenho um emprego CLT durante boa parte do meu dia, e o blog é um hobbie e também uma espécie de refúgio para mim. Porém, hoje eu encaro também de uma forma mais madura, com planilha de post's, idéias, e tudo o mais. Não é mais um postar por postar. Virou parte de mim, parte da minha rotina. Pode me chamar de blogueira que não ligo ;)

*Como você lida com as críticas negativas? Hoje eu encaro melhor. Já chorei por ouvir piadinhas e tudo o mais. Hoje tento sempre levar pelo melhor lado: se estão criticando é porque algo que faço está incomodando, e se incomoda é bom! Vez ou outra vai doer sim, ainda mais quando vier de pessoas próximas. Já tenho o blog a 10 anos, então a gente acaba aprendendo um pouco com o dia-a-dia.

Obrigada a todos de coração. O retorno de vocês é super importante e me dá forças para continuar. E esse perfil sempre estará aqui de portas abertas! 





sexta-feira, 27 de maio de 2022

Andei Vendo: Matrix Resurrections (2022)



Oi, oi gente!

Demorei, mas vim aqui falar desse filme. Como disse a uns posts atrás, maratonei a trilogia Matrix para ver o filme 4 no cinema. 

Aí é que tá. Durante a sessão eu fiquei com um interrogação enorme, porque não sabia se as pessoas que eram mais fãs que eu também estavam sentindo o mesmo que eu. 

O filme deixou muito a desejar. Foi corrido, bagunçado, sem eira nem beira pra mim. Eu que estava com a ideia fresca do que era o filme, fiquei confusa, tipo o meme da Nazaré. 

Acho que hoje a indústria vai mais no fanservice do que pra criar uma produção boa, notável e memorável! Fazem mais pra levar o público às salas novamente, vão baseados em teorias de fãs, e dá no que dá. 

O que deixou meu coração quentinho foi ver quase todo o elenco de Sense8 junto novamente. Afinal, uma das produtoras da série é a mesma dos filmes antigos.


É isso. Talvez eu veja de novo, pra entender melhor, ou só bater o martelo no que achei de vez. Mas pra mim, deixou mega a desejar. 



Pipocometro: ❤️❤️❤️


quinta-feira, 26 de maio de 2022

Viagens Literárias: Meu Top 5 - Livros Brasileiros



Oi, oi gente!

Quero trazer de tempos em tempos meus favoritos dos mais diversos temas e coisas, digamos assim. E hoje trago os meus 5 livros favoritos totalmente Brasileiros. Confesso que não leio tanta coisa nacional como gostaria, mas é algo que venho tentando mudar. 



1° BOA NOITE - PAM GONÇALVES

Esse foi o primeiro lido, da vida, que li num dia só de tanto que me prendi a história. A escrita da Pam é única, leve, madura. Você se identifica facilmente com os personagens e as situações. E tem todas as sensações possíveis durante a leitura. 
Alina é uma jovem que está começando uma nova fase da vida com a faculdade. Ela quer provar para ela e para o mundo que mulheres podem chegar onde quiserem, e quer deixar os antigos rótulos para trás. O que ela não esperava era que um site de fofocas da faculdade faria com que assuntos como abuso sexual viessem à tona. Nesse momento, ela vê que pode fazer a diferença.





2° SE NÃO EU QUEM VAI FAZER VOCÊ FELIZ? GRAZIELA GONÇALVES

Só pelo título já imaginamos do que é né? Esse livro conta a história de amor de Grazi e Alexandre, o nosso eterno Chorão. Como se conheceram, como o amor começou, o início da banda, os perrengues, as crises e as coisas boas também. Um livro recheado de amor, saudade e fotos da vida dos dois. 
Esse livro me fez bem demais. Sempre fui fã da banda, e me senti parte daquilo ao ler. E parece que ia amenizando um pouco mais a saudade que uma geração toda sente do Marginal Alado. 



3° SEMILUNAR - CAMILO SOLANO

Ah! As coisas que o Camilo faz! Não tem como não gostar. Tenho quase todas as HQs que ele lançou, e a cada CCXP a foto é renovada. Ele é um cara show de bola, de uma criatividade incrível, e uma percepção da vida que te faz refletir. Em Semilunar, temos a história de Maria, uma menina que sofre com a gagueira, porém quando canta, consegue se soltar e sentir uma felicidade única dentro de si. A mãe decide então investir na garota, porém as dificuldades da vida acabam a afastando desse sonho. 




4° KAITO, REZE POR UMA BOA MORTE - BRUNO CRISPIM

Esse foi um dos lidos de 2021, uma das parcerias que tive, e uma das surpresas mais agradáveis da minha vida literária. Quando Bruno me convidou a ler e me mandou a sinopse, eu fiquei curiosa, porém com medo de não gostar. E fui surpreendida e adorei esse livro de uma forma!!! Kaito vai morar com a avó no Japao, e algumas coisas do passado começam a aflorar de novo no garoto. Quando ele acha que tudo está dando certo na vida, quando surge um apocalipse no mundo, e os mortos voltam a terra, fazendo com uma guerra comece e a luta pela sobrevivência tenha que ser feita dia a dia.


5° A DROGA DA OBEDIÊNCIA - PEDRO BANDEIRA

Aqui temos um livro totalmente nostálgico. Foi o primeiro livro que li, já na pré adolescência, por uma obrigação na escola, e por conta disso, a paixão pela leitura aflorou em mim. Li, reli, e depois de um tempo, peguei na biblioteca da escola para ler mais uma vez. Bem curtinho, ótimo para ser o pontapé inicial aos novos leitores. O grupo dos Karas enfrenta o seu maior desafio: descobrir como parar a idéia do maligno Doutor Q.I. de espalhar uma nova droga entre os jovens. 

E ai, agora eu quero saber: qual seu livro ou HQ nacional favorito? Ou melhor: qual seu TOP5?